Este trabalho resulta da curiosidade que sempre tenho em aprender mais e mais.

Não é um estudo profundo, são conclusões a que cheguei e que me têm ajudado neste mundo para mim fascinante do Tarot.

A numerologia é uma ciência muito antiga e associada a Pitágoras.

Ao interpretarmos um número estamos a associá-lo a um símbolo.

Pode ser visto como elemento numérico utilizado na Matemática ou vê-lo como um símbolo associado à espiritualidade.

Os números aparecem tanto nos Arcanos Maiores como nos Menores e podem ajudar-nos na interpretação das cartas.

A sequência dos números de1 a 9 mostra-nos o ciclo de vida com os seus altos e baixos, com períodos de reflexão e crescimento.

Cada número associado à carta tem um significado.

Os Áses ou o 1 significa começo, iniciação, novas ideias, oportunidades. É o número do individualismo e da independência.

2 – Dualidade, necessidade de conciliar duas forças. Cooperação. É um numero emocional, de harmonia, de sensibilidade, de espírito de equipa.

3 – Está ligado à criatividade, à socialização, ao crescimento , á expansão e até à alegria.

4 – Estabilidade, realidade, lógica, razão, ordem. Está ligado à execução.

5 – Rompe barreiras e tabus. É impulsivo, reage instintivamente, pode ser violento. Gosta de liberdade.

6 – Harmonia, partilha, estabilidade, afecto. Precisa de ter os pés bem assentes na terra. Tem o sentido do dever.

7 – É um número místico associado ao mistério, ao que é invulgar. É introspectivo. Com o 6 percebemos que temos de mudar alguma coisa , o 7 leva-nos à reflexão.

8 – É um número com uma boa energia que nos leva a superar os obstáculos. Gosta de se regenerar, de se transformar, de realizar.

9 – Representa a união, a integração, a consolidação. A luta por um mundo melhor. No Tarot vemos que a jornada está a chegar ao fim.

10 – (1+0=1) – Conclusão, fim de ciclo, vitórias ou derrotas, acompanhado de um novo começo.

Numa tiragem podemos sempre fazer a contagem numerológica das cartas para ter uma síntese da leitura.

Alguns Tarólogos acreditam que apenas se deve trabalhar esta síntese com os Arcanos Maiores de 1 a 9.

Esta redução das cartas é também chamada de quintessência. O Louco com o número 0 entra também nesta contagem.

Outros preferem fazer a soma das cartas na totalidade. Ex.: o total de quatro cartas pode ser 10+13+18+5 = 46

Se reduzirmos 4+6=10

Podemos ter assim mais duas leituras : ou a Roda da Fortuna (10) o ou Mago (1+0=1)

As cartas da côrte valem zero.

Deixe uma resposta