Muitas vezes confundimos estes dois termos, o curioso é que são completamente opostos.

Existem duas espécies de conhecimento: esotérico e exotérico.

O termo “exotérico” (do grego: exoterikós; do latim: exotericu), é antónimo de “esotérico”, apesar de ter a mesma pronúncia) e refere-se ao ensinamento que nas escolas da Antiguidade grega era transmitido ao público sem qualquer restrição, representa uma ideologia filosófica que era destinada a todos, provavelmente por se considerar verdadeira.

O conhecimento exotérico, (do grego esoterikós) ou conhecimento do mundo exterior é aquele que percebemos através dos sentidos.

Todo o conhecimento que não pode ser isolado, confinado, ou descrito em termos de fenómenos físicos, é classificado como conhecimento esotérico.

Apenas alguns têm acesso a esse conhecimento. Está ligado muitas vezes ao sobrenatural.

O esoterismo é o termo usado para as doutrinas cujos princípios e conhecimentos não podem ou não devem ser “vulgarizados”, sendo comunicados a um número restrito de pessoas.

Deixe uma resposta